Pular para o conteúdo principal

Postagens

Mostrando postagens de Março, 2015

Servidor público municipal de Goiânia que trabalha em escola e cmei não deveria fazer greve

A afirmação contida neste título seria coerente se os servidores da educação municipal de Goiânia, lotados em escolas e cmeis, tivessem seus direitos trabalhistas respeitados. Eles não precisariam mesmo recorrer ao instrumento da greve, pelo menos em função dos direitos já adquiridos. Direitos esses previstos no Estatuto do Magistério e no Plano de Carreira dos professores e também no Plano de Cargos, Carreira e Vencimentos dos servidores administrativos.
A luta desses trabalhadores, principalmente no decorrer da atual gestão municipal, não tem sido para avançar na pauta das suas reivindicações históricas, mas para reaver direitos perdidos e manter os que se acham ameaçados de serem extintos. A título de informação, eis algumas das atuais demandas desses profissionais: fidelidade ao reajuste salarial na data base legalmente marcada; pagamento do reajuste salarial retroativo à data base; pagamento das gratificações de titularidade atrasadas; concessão de novas gratificações de titularid…